Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas | Website share tips

Are you looking for   right? Are you also searching for a topic Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas? If this is the case then please see it right here

  | Website offers computer tips.

[button size=”medium” style=”primary” text=”WATCH VIDEO BELOW” link =”” target=””]

Image related to subject Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas

Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas
Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas

Information related to the subject  .

Interventions include phrases, poems and illustrations by peripheral artists, which will be projected by lasers on buildings and walls in four neighborhoods in São Paulo, so that the public does not have to expose themselves during the pandemic. #JTCultura..

You can also view more information regarding internet tips about the game by us here: See more information here

You can read more share Tutorials here:See more here.

Keyword a user searches for related to the topic  .

jornal da cultura,Jornal,jornalismo,tv cultura,informação,noticia,quebrada viva,mulheres,pandemia,projeto,arte,periferia.

#Quebrada #Viva #projeto #prepara #projeções #artísticas #para #mulheres #periféricas.

We hope this information is useful to you, thank you very much for following this article.

Image related to subject Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas

Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas
Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas

Information related to the subject Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas.

Interventions include phrases, poems and illustrations by peripheral artists, which will be projected by lasers on buildings and walls in four neighborhoods in São Paulo, so that the public does not have to expose themselves during the pandemic. #JTCultura..

5/5 - (2 bình chọn)
Xem thêm  Hướng dẫn cách check in online Vietnam Airlines

Bài viết liên quan

2 Comement tại “Quebrada Viva: projeto prepara projeções artísticas para mulheres periféricas | Website share tips”

  1. DEFENDER O EMPOBRECIDO E NÃO A POBREZA

    A luta em defesa das vítimas da pobreza sempre foi maculada:

    1. As vítimas do empobrecimento são acusadas pelos seus algozes de desejar, promover e até gostar da pobreza;

    2. Os defensores dos empobrecidos e marginalizados sempre foram acusados criminosamente de promotores desta mazela: pobreza.

    Estas atitudes de criminalizar os empobrecidos e seus defensores são formas de criar bode expiatório para não ir na verdadeira origem da pobreza.

    Elas são fruto do "racismo primordial".

    O racista primordial é aquela pessoa que só vê a pobreza e não o processo social, político, ideológico que produz o empobrecimento.

    Quando as lideranças religiosas, sociais, políticas, acadêmicas e até carnavalescas defendem os empobrecidos, eles não estão defendendo a pobreza.

    O Governador do Maranhão Flávio Dino disse que o sonho dele seria socializar a riqueza e não a pobreza.

    A luta dele é por diminuir a desigualdade social e combater a pobreza e não os empobrecidos.

    Lula declarou certo dia: "quem gosta de pobreza é rico. Pobre gosta é de riqueza."

    A pergunta central é: qual é a origem do empobrecimento?

    O empobrecimento não é fruto do protagonismo de um indivíduo sem poder.

    Quando a pessoa vem de uma família rica, ela dificilmente se transforma em pobre.

    O empobrecimento é fruto de uma condição familiar, social, ética, política.

    Para o empobrecido chegar a riqueza é necessário lutar muito mais que os ricos.

    Não há meritocracia no Brasil, porque não há uma base social, econômica e até intelectual para todas as pessoas.

    Sim, algumas pessoas são quase que predestinadas e ficarem empobrecidas.

    Hoje, o que tira muitas pessoas da pobreza rapidamente é o oportunismo, a cegueira moral, a insensibilidade, a falta de ética e estar disposto a fazer tudo o que alguém que pode elevar a condição sócio-econômica do indivíduo.

    Desta maneira, a origem do empobrecimento está na desigualdade social e em um Estado que não promove paridade de armas para os seus habitantes.

    A riqueza não pode ser demonizada e nem criminalizada.

    John D. Rockefeller ideologizou a filantropia.

    Ele transformou a filantropia em um meio de reproduzir a sua cosmovisao.

    Vários bilionários estadunidenses (Hock, Mercer) fizeram o mesmo com a filantropia ao introduzir nas elites acadêmicas, funcionais e sociais um método de perseguição aos trabalhadores, demolição ao meio ambiente e enfraquecimento e até saqueamento do Estado e concentração de riqueza aos bilionários.

    A saída nesta luta entre "Golias e Sansão" (bilionários e trabalhadores) é o Estado regular estas relações de maneira justa.

    O silêncio e a invisibilizacao dos empobrecidos piora a situação.

    Porque o que não é lembrado ou visto não é tratado.

    Deste modo, é necessário falar e até gritar sobre os empobrecidos para que as autoridades e os poderosos notem que o empobrecimento é efeito colateral de sua riqueza e acúmulo de bens.

    Eu fazia parte de um grupo de jovens de Ribeirão Cascalheira – MT e fomos visitar os jovens de Ribeirão Bonito.

    Nestas visitas, nós notamos os jovens sem mobilização e alguns deles na espera do patrão do pai pagar o dinheiro que deviam pelo trabalho.

    Estas necessidades básicas daqueles trabalhadores comoveram os jovens visitantes e se mobilizaram e praticaram a solidariedade com alimentos e roupas usadas.

    Nesta situação se percebe que as famílias empobrecidas são trabalhadoras e nem sempre recebem justos salários e até deixam de pagar pelos serviços executados.

    O futuro se apresenta como algo muito difícil para os empobrecidos.

    A automação e a tecnologia artificial estão tomando os lugares dos trabalhadores.

    O capitalismo financeiro é o dinheiro que é compro e vendido por dinheiro.

    O capitalismo financeiro produz poucos trabalhadores especializados.

    O capitalismo industrial produz muito emprego.

    O capitalismo financeiro é mais lucrativo que o capitalismo Industrial.

    Desta maneira, o futuro se apresenta como um lugar quase impossível para os empobrecidos viverem.

    Quanto mais poder e dinheiro o indivíduo tem mais ele precisa ganhar dinheiro e lucro.

    Se os recursos são escassos e alguns têm maior capacidade de juntar para si, a maioria dos empobrecidos caminha na direção de um "beco sem saída".

    Desta maneira, nós defendemos os empobrecidos e não a pobreza.

    Nós defendemos os empobrecidos para que o futuro que se apresenta não venha logo e imediatamente ou seja transformado.

    Nós defendemos os empobrecidos, porque eles são seres humanos dignos do melhor tratamento.

    A pessoa não pode ser tratada somente segundo o seu poder econômico, político, ideológico, social.

    Todas as pessoas são revestidas de dignidade e devem ser tratadas igualmente, ou seja, tratadas da melhor maneira possível.

    SÉRGIO DE SOUZA NERES

    GOIÂNIA – GOIÁS

    23/02/2021*

  2. Parabéns Feliz Dia das mulheres Deus te abençoe

Để lại ý kiến của bạn:

Email của bạn sẽ không được hiển thị công khai.